Alimentos ricos em ômega 3

O ômega-3 é um ácido graxo essencial, ou seja, uma gordura poli-insaturada benéfica para a nossa saúde. De fato, esse nutriente traz muitos benefícios para o organismo e deve ser consumido com frequência, já que não é produzido pelo corpo. Os alimentos ricos em ômega-3 são excelentes para o bom funcionamento do cérebro e por isso podem ser usado para melhorar a memória, sendo favorável aos estudos e ao trabalho.

Dessa forma ele é facilmente encontrado nos peixes, mas a sua maior concentração está na pele dos peixes e, por isso, esta não deve ser retirada. Esse ácido graxo pode ser encontrado em fontes de origem animal ou vegetal. Mas você sabe quais são os alimentos ricos em ômega-3? 

Confira a seguir alguns desses alimentos:

Leguminosas; Leguminosas como feijão, soja, ervilha e grão-de-bico são outra opção de fonte de ômega-3. No entanto, elas não são a melhor fonte do composto, pois sua concentração não é tão alta.

Camarão; Não apenas o camarão, mas outros crustáceos também são ótimas fontes. O ideal é optar pelos camarões frescos, visto que suas propriedades se perdem em significantes quantidades com o passar do tempo. 

 Sementes; Achou que sementes só serviam para dietas de emagrecimento?  Linhaça, chia, cânhamo e outras sementes são uma excelente fonte de ômega-3. Além de extremamente versáteis elas também são ricas em fibras e podem ser utilizadas em receitas para almoço e jantar ou em vitaminas e iogurtes para o lanche, pois ajudam na digestão.

Óleos vegetais; Os óleos vegetais, como o azeite e o óleo de canola, também são uma ótima fonte desse ácido graxo. O óleos de canola possui a maior quantidade do composto, além de possuir pouca gorduras saturadas e a maior quantidade entre os óleos., o azeite é uma ótima fonte.

Oleaginosas; As oleaginosas são as castanhas, nozes, amêndoas, pistache. São ótimas fontes de ômega-3, pois, elas contém gorduras poli-insaturadas, incluindo o ômega-3. Para aproveitar ao máximo A dica é comprá-las com casca para que não oxidem e percam seus nutrientes. Há diversas formas de aplicá-las na alimentação diárias.

Peixes; Os peixes de águas frias são uma das principais fontes de ômega-3. O arenque, o salmão, o atum, a sardinha e o linguado são algumas alternativas para quem quer garantir que não falte ômega-3 no organismo. Sua concentração por peixe pode chegar a mais de 200% do valor de consumo diário recomendado, uma dica importante: ele está presente principalmente na pele do peixe, então se possível evite retirá-la quando for preparar a refeição. 

Folhas verde escuras; Os vegetais verdes também contém. Opções como brócolis, espinafre e couve, entre outras coisas, são uma boa escolha para quem busca o ácido graxo em fontes vegetais. Mais um motivo para comer verduras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *